Fabricantes devem avisar sobre fim de produção

Quando um medicamento deixa de ser encontrado por um paciente, este pode recorrer à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para saber o motivo da falta de abastecimento.

Apesar da Agência não poder obrigar os fabricantes a ofertar o produto, as indústrias devem alertar os consumidores, com ao menos seis meses de antecedência, que encerrarão a produção.

Para não comprometer o tratamento, os pacientes devem ser orientados a procurar o seu médico ou substituir o medicamento que saiu de linha, para um alternativo ou genérico.

Fonte: Portal Brasil

Foto: Shutterstock

0 visualização0 comentário