Entenda o funcionamento dos emagrecedores

Desde o último mês, os medicamentos emagrecedores estão liberados pelo Governo. O projeto que autoriza a produção, venda e consumo, sob prescrição médica, de medicamentos que sejam formulados com anfepramona, femproporex e mazindol, é bastante polêmico. Os fármacos agem inibindo a fome e causam efeitos colaterais como agitação, depressão, taquicardia, irritabilidade, dor de cabeça, aumento da pressão e insônia.

Os inibidores não são indicados para quem quer perder pouco peso, menores de idade, idosos, quem tem problemas psiquiátricos, cardíacos, hipertensos que não controlam a doença, asmáticos, obesos e pessoas com sobrepeso que são beliscadores.

Já a sibutramina é um sacietógeno, ou seja, age na saciedade. Esses medicamentos estimulam substâncias no cérebro, entre elas a serotonina, que agem no centro da come, dando saciedade. Os efeitos colaterais são: irritabilidade, insônia, hipertensão e taquicardia.

Fonte: G1

Foto: Shutterstock

0 visualização0 comentário