Consumo de medicamentos contra reumatismo cai 21% no Brasil

O volume de medicamentos para o tratamento de reumatismo caiu 21% nos últimos dois anos. É o que aponta um estudo da ePharma, empresa especializada no gerenciamento de Planos de Benefícios de Medicamentos (PBM). De acordo com a pesquisa, 131.868 unidades foram comercializadas entre janeiro e outubro de 2019 contra 166.896 vendidas no mesmo período do ano passado.

Para o presidente da empresa Luiz Carlos Monteiro, a queda de consumo sugere que as empresas estão deixando de oferecer assistência farmacêutica aos seus colaboradores, um serviço que reduz o absenteísmo e garante adesão aos tratamentos de saúde. “O PBM ainda é um benefício associado à despesa dentro das corporações, quando, na verdade, deveria ser visto como investimento em saúde preventiva”, argumenta.

Cinco remédios da lista representam mais de 20% dos medicamentos prescritos por planos de saúde empresariais. São eles, em ordem decrescente: Nimesulida (6.266 unidades), Emplastro Salonpas (6.250), Celebra (4.968), Nisulid (4.932), Toragesic (4.514).

Foto: Shutterstock Fonte: ePharma

#ePharma #medicamentosepharma #medicamentosreumatismo #reumatismo

0 visualização0 comentário