Complexo Aché Cultural é inaugurado

O Aché Laboratórios inaugurou, em novembro último, o Complexo Aché Cultural. O amplo espaço, destinado a manifestações artísticas, abriga o Instituto Tomie Ohtake, o Teatro Cetip, um centro de convenções, sete salas de exposições, ateliês, restaurante, livraria e loja. A cerimônia de inauguração contou com a presença do presidente do Aché, de Paulo Nigro, do diretor da empresa, Ricardo Ohtake, do diretor do Instituto Tomie Ohtake, curadores do Instituto e convidados.

A inauguração foi coroada com a estreia da exposição Gaudí: Barcelona, 1900, organizada pelo Instituto Tomie Ohtake, que tem o Aché como uma das empresas patrocinadoras. A mostra traz 46 maquetes em escalas monumentais do arquiteto Antoni Gaudí, com trabalhos oriundos do Museu Nacional de Arte da Catalunha, do Museu do Templo Expiatório da Sagrada Família e da Fundação Catalunya-La Pedrera.

Desde novembro o espaço sedia diversas atrações culturais, entre elas o musical “Hoje é dia de Maria”, além de exposições como “Leda Catuda: I love you baby”, “Design Italiano”, “Mulheres Artistas no Brasil – Século XX”, “A Arte e a Ciência”, “Yoko Ono”, e “Eros Tropical – 100 anos da arte sensual brasileira”.

“O Complexo Aché Cultural tem a proposta de levar cultura, acesso às artes e entretenimento para as pessoas, contribuindo para uma vida melhor e mais completa, com saúde e bem-estar. O objetivo do espaço vai ao encontro do propósito do Aché Laboratórios de levar mais vida às pessoas, onde quer que elas estejam”, afirma a gerente de Comunicação e Responsabilidade Social da empresa, Marcia Tedesco.

Foto: Shutterstock


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo