Brasileiro tem percepção negativa sobre saúde

Para entender qual a percepção sobre a saúde na visão dos brasileiros, é necessário entender o momento atual de todo o País, de acordo com o CEO da IPSOS, Marcos Calliari. Após a crise econômica e política instalada no Brasil, a população encontra-se sem confiança, acreditando que o País está no rumo errado.

Além disso, há um problema de informação que leva os brasileiros a ter um pensamento pessimista sobre diferentes assuntos no âmbito de saúde. De acordo com uma pesquisa feita em diferentes países, os brasileiros acreditam que 48% das mulheres entre 15 e 19 anos de idade engravidam, enquanto a realidade é de apenas 6,7%. O mesmo acontece com os acometidos com diabetes, que a percepção é de 47% da população, enquanto o número é de 10%.

“Há uma percepção de que as coisas são piores do que a realidade. Uma teoria diz que esse exagero pessimista é um sinal de evolução. Ao ver as coisas de maneira negativa, as pessoas ficam em alerta e sobrevivem a possível problemas”, comenta o executivo.

A pesquisa “A Saúde na Percepção dos Brasileiros” demonstrou mais alguns pontos de vista da população. Dos 825 entrevistados, 68% usam o Sistema Único de Saúde (SUS) e 32% têm convênio médico.

Dos que usam medicamentos, 64% pagam todos os seus fármacos, enquanto 25% pagam uma parte e usam outra parte do SUS e somente 11% usam o SUS em sua totalidade de medicamentos.

Além disso, 42% definem a saúde como ruim; 60% acham a saúde pública precária 2 26% definem a saúde privada como satisfatória. Ou seja, há uma insatisfação geral com os serviços oferecidos.

Foto: Shutterstock

#pesquisa #saúde

0 visualização0 comentário