Aumento de impostos em 12 estados afetará preço de medicamentos

Apesar dos medicamentos no Brasil terem uma das mais altas cargas tributárias do mundo, 12 estados decidiram aumentar ainda mais o percentual de um dos principais impostos do setor, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), alegando problema de arrecadação por conta da crise econômica. O ICMS incide sobre todos os medicamentos comercializados no Brasil.

A maioria dos reajustes é de 1,2%, sendo que no Rio de Janeiro o imposto passou de 18% para 20%. Com isso, o setor teme que sejam necessários abatimentos nos descontos. São Paulo foi o único Estado em que houve redução da alíquota. Apenas para medicamentos genéricos, o percentual caiu de 18% para 12%.

tabela icms

Foto: Shutterstock


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo